Categorias
Lifestyle

O que aprendi em 30 anos

Gostaria de compartilhar algumas coisas muito importantes para mim que aprendi nos meus 30 anos de vida. Tire um bom proveito para a sua vida.

Aprendi a amar de verdade

Amor

O amor por minha família nasceu junto comigo. Para mim, é muito mais fácil amar as pessoas da família, pois elas fazem parte da minha história.

Amor como relacionamento já é bem diferente. Ele não nasce pronto. Não é simplesmente algo que surge do nada.

Para mim, o amor começa com uma paixão, que quando bem cultivada, bem relacionada acaba virando amor. Amor precisa de dedicação diária, é como uma chama que se não alimentada, apaga. Mas quando alimentado diariamente, cresce dia após dia.

Aprendi a dar valor aos momentos de felicidade

Felicidade

Durante muito tempo pensei que a felicidade fosse algo que um dia eu iria alcançar e nunca mais ela sairia da minha vida (como nas histórias). Me frustrei muito por isso.

Os dias se passavam e eu nunca encontrava essa felicidade duradoura. Até o dia em que eu percebi, que felicidade, é uma emoção, e como toda emoção ela é passageira.

Hoje isso parece muito óbvio para mim, mas acredito que tem pessoas que passam a vida toda à procura da felicidade eterna.

Felizmente ela não existe. Digo isso porque se existisse felicidade eterna, também existiria tristeza eterna, medo eterno, angústia eterna, etc. Todas as emoções que servem de alerta também poderiam vir em versões infinitas.

Quando me dei conta disso, comecei a prestar mais atenção em coisas e atitudes minhas que deixam meu dia com mais sentimento de felicidade do que outros sentimentos.

Volta e meia preciso abandonar ou ajustar algumas ações para ter mais momentos felizes durante o meu dia. Porque coisas que me deixam feliz hoje, podem não me fazer mais feliz amanhã.

Durante muito tempo da minha vida cigarro e bebida foram minha fonte de relaxamento e felicidade. Hoje em dia eu aboli o cigarro e tornei a bebida coisa rara. Ambos estavam acabando com a minha alegria durante o dia, então tive que eliminá-los da minha rotina substituindo por exercícios e leitura.

A receita não vem pronta. Você terá que criar a sua e modificá-la constantemente.

Aprendi que o que é perfeição

Perfeição

Muito tempo eu quis encontrá-la, depois pensei que não existisse. Até, finalmente, entender que perfeição está ligada à situação.

O perfeito é o que acontece. O que sai do pensamento, sai do papel, vira realidade.

Perfeição também está muito ligada à ponto de vista. Hoje em dia costumo ver os pontos positivos das situações (é um esforço diário), mas lembro de quando eu só conseguia ver os pontos negativos. Se estivesse chovendo, reclamava de ficar molhado, se estava sol, reclamava do calor. Acabava não aproveitando nenhum dia, pois nenhum deles estava perfeito para mim.

Hoje se chove e faz frio, logo penso que é um dia perfeito para chegar em casa e ver um filme debaixo das cobertas.

Está sol e faz calor? Dia perfeito para caminhar na praia e tomar uma água de coco.

Agora que pratico “ver o lado bom” as coisas passaram a ser muito mais perfeitas do que defeituosas na minha vida.

A importância de dizer não

Aprendi a dizer não

Hoje fico pensando em como demorei tanto tempo para aprender algo tão simples e importante. Desperdicei muito tempo na vida por não saber como dizer não às pessoas. Porém, chegou uma hora onde isso se fez necessário e, acredite, faz muito pouco tempo.

Minha vida estava um caos. Eu não sabia dizer não na vida profissional. Isso me custou muito tempo e muito dinheiro, pois trabalhei muito de graça e em projetos que não tinham nada a ver comigo.

Se você ja sabe como dizer não, parabéns! Mas acredite, tem muitas pessoas que tem esse impedimento.

Se tem dificuldade em dizer não, acredite, você não vai perder pessoas importantes, dinheiro, experiências nem nada do tipo. Muito pelo contrario, você aprenderá a usar muito melhor seu tempo e viver apenas experiências que você realmente quer.

Aprendi como viver do meu jeito

Aprendi como viver

Não existe jeito certo ou errado de viver. Cada um vive do jeito que quer e pode.

Você vive do jeito que quer pois tem o poder de mudar qualquer coisa da sua vida. Tudo é questão de esforço verdadeiro e tempo.

Pode ter certeza que você se esforçou muito para chegar onde está agora. Mesmo que tenha passado grande parte da vida na frente de uma televisão, é você quem decidiu ficar no sofá e se privar de um monte de experiências.

A decisão sempre é sua, parabéns!

Vivemos do jeito que podemos, pensando no momento presente. Mesmo que eu queira ter 10 milhões na conta, eu preciso trabalhar para que isso aconteça. A não ser que eu ganhe na mega sena, isso não vai acontecer da noite para o dia. Mas eu POSSO e devo viver o momento atual na busca do meu objetivo. Quanto mais eu fizer pelo meu objetivo, mais perto eu estarei.

A vida, enfim, é feita de objetivos. Encontre objetivos de pequeno, médio e longo espaço de tempo e você terá uma vida mais emocionante e cheia de desafios.

Aprendi a organizar a minha vida da seguinte maneira:

Pense no que você pode fazer hoje como objetivos de curto prazo. Planeje a sua semana, mês e ano para ter objetivos de médio prazo, e por fim, escolha com muito carinho o legado que quer deixar. Isso te dará o seu objetivo principal e de longo prazo.

Essas foram algumas coisas importantes para minha vida que aprendi durante meus 30 anos de vida.

Tenho certeza que ainda vou atualizar muitos desses aprendizados, sempre buscando viver melhor comigo mesmo, com as pessoas que amo e convivo e com o mundo onde vivo.

Compartilhe! ;)

2 respostas em “O que aprendi em 30 anos”

Edu, estas poucas palavras, porém uma vida, né 30 anos,
Cara fico até sem palavras, mas acredite muito em tudo que escreveu que o resto Deus arruma para vc!!!
Muito bom ver uma pessoa tão nova, porém com tanto entusiasmo na vida, pois hj é muito difícil encontrar.

Que estas palavras possam significar e trazer ainda mais sabedoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *